Sabedorias

' Sabedorias: Janeiro 2011 Sabedorias

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

O que mata :é o silêncio com rancor ( reflexão) Pensem nisto!!!

sabedorias-isa

Encare suas obrigações com satisfação.
É maravilhoso quando se gosta do que faz.
Ponha amor em tudo o que estiver ao seu alcance.
Quando for fazer alguma coisa, mergulhe de cabeça.
Não viva emoções mornas, próprias de pessoas mornas.
Não deixe as oportunidades que a vida oferece. Elas não voltam.
Nenhuma barreira é intransponível se você estiver disposto a lutar.
Não deixe que os problemas acumulem. Resolva-os logo! Fale.
Converse. Escute. Brigue.

O que mata é o silêncio com rancor.
Exteriorize tudo, deixe que as pessoas saibam que você as estima,
as ama, precisa delas, principalmente em família.

Amar não é vergonha.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Metade de mim

sabedorias-isa

Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo que acredito não me tape os ouvidos e a boca.
Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio.
Que a música que ouço ao longe seja linda, ainda que triste.
Que a mulher que eu amo seja sempre amada, mesmo que distante.
Porque metade de mim é partida e a outra metade é saudade.
Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor, apenas respeitadas como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimento.
Porque metade de mim é o que ouço, mas a outra metade é o que calo.
Que a minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço, que essa tensão que me corroe por dentro seja um dia recompensada.
Porque metade de mim é o que penso e a outra metade é um vulcão.
Que o medo da solidão se afaste, que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.
Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso que me lembro ter dado na infância,
porque metade de mim é a lembrança do que fui e a outra metade não sei.
Que não seja preciso mais que uma simples alegria pra me fazer aquietar o espírito
e que o teu silêncio me fale cada vez mais
porque metade de mim é abrigo mas a outra metade é cansaço.
Que a arte nos aponte uma resposta mesmo que ela não saiba
e que ninguém a tente complicar porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer,
porque metade de mim é platéia e a outra metade é a canção.
E que a minha loucura seja perdoada porque metade de mim é amor
e a outra metade também.

Oswaldo Montenegro

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Vale a pena.... ainda que fracasse....( reflexão)

sabedorias-isa

Vale a pena a tentativa e não o receio
vale a pena confiar e nunca ter medo
vale a pena encarar e não fugir da realidade
Ainda que você fracasse vale a pena lutar
vale a pena discordar do melhor amigo e não apoiá-lo(a) em suas atitudes erradas
vale a pena corrigi-lo(a)
Vale a pena encarar-se no espelho e ver se estar certa ou errada
Vale a pena procurar ser a melhor e aí...
vale a pena ser o que for...
enfim
Vale a pena viver a vida, já que a vida, não é tudo que ela pode nos dar.

mais sim tudo que você pode dar por ela...

Pensem nisso!