Sabedorias

' Sabedorias: Setembro 2010 Sabedorias

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Reflexão de 4 pessoas: Todo mundo, Alguém, Qualquer um e Ninguém

sabedorias-isa
Esta é uma história sobre 4 (quatro) pessoas: TODO MUNDO, ALGUÉM, QUALQUER UM e NINGUÉM.
Havia um importante trabalho há ser feito, e TODO MUNDO tinha certeza que ALGUÉM o faria.

QUALQUER UM poderia tê-lo feito, mas NINGUÉM fez.

ALGUÉM zangou-se porque era um trabalho de TODO MUNDO.

TODO MUNDO pensou que QUALQUER UM poderia fazê-lo, mas NINGUÉM imaginou que TODO MUNDO deixasse de fazê-lo.

No final TODO MUNDO culpou ALGUÉM porque NINGUÉM fez o que QUALQUER UM poderia ter feito

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Carta de um excepcional

sabedorias-isa

Mamãe

Num raro momento de felicidade,
recobrei a consciência
e por alguns instantes libertei-me do corpo.
Livre dos embaraços físicos, pedi a Deus
a oportunidade de comunicar-me com você.
Sei o quanto sofre ao ver-me no corpo excepcional
onde me abrigo como filho do teu coração,
por isso quis falar-lhe:
Saiba mãezinha querida, antes de receber-me
carinhosamente em seu ventre, eu era um náufrago
nos mares espirituais do sofrimento,
foi você a praia que me acolheu
devolvendo-me a segurança.

Não pense que se eu tivesse morrido ao nascer
teria sido melhor para nós dois, é um engano cruel,
pois o que mais importa para mim é viver ,
o seu amor é a força que pode prolongar-me a vida.
O corpo disforme que hoje sustenta-me a vida,
representa para mim um tesouro de bênçãos
onde reeduco o meu espírito aprendendo
a valorizar a vida que tantas vezes desprezei.

Sei que sofres por eu não poder
dar-lhe as alegrias de uma criança sadia,
porém reconforta-me saber
que para as mães como você,
Deus reserva as alegrias celestiais.
Ser mãe é missão natural das mulheres.

mãe de alguém como eu é missão que
Deus só entrega a mulheres especiais como você.
Vou retornar ao corpo, assim como uma ave
que retorna ao ninho onde se abriga das
tempestades,mas antes rogo a Deus que lhe abençoe,
colocando nesta rogativa a força da gratidão
de um filho que teve a felicidade
de ter um Anjo como mãe.

Enviado por Regina Castelo,

mãe dedicada da Camila que é uma menina muito amada.

sábado, 4 de setembro de 2010

As lebres e as rãs ( reflexão)

sabedorias-isa

As lebres, animais tímidos por natureza, sentiam-se oprimidas com tanto acanhamento. Como viviam, na maior parte do tempo, com medo de tudo e de todos, frustradas e cansadas, resolveram dar um fim às suas angústias.

Então, de comum acordo, decidiram por fim às suas vidas. Concluíram que assim resolveriam todos os seus problemas. Combinaram então que se jogariam do alto de um penhasco, para as escuras e profundas águas de um lago.

Assim, quando correm para o abismo, várias Rãs que descansavam ocultas pela grama à beira do mesmo, tomadas de pavor ante o ruído de suas pisadas, desesperadas, pulam na água, em busca de proteção.

Ao ver o pavor que sentiam as Rãs em fuga, uma das Lebres diz às companheiras:

Não mais devemos fazer isso que combinamos minhas amigas! Sabemos agora, que existem criaturas mais medrosas que nós.

Moral da História:

Julgar que nossos problemas são os mais importantes do mundo, não passa de ilusão

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Reflexão " O lobo e a garça"

sabedorias-isa

Um Lobo, ao se entalar com um pedaço de osso,

combinou com uma Garça,

para que esta colocasse a cabeça dentro da sua goela,

e de lá pudesse retirá-lo.

Em troca teria de lhe dar uma grande quantidade em dinheiro.

Quando a Garça retirou o osso e exigiu o seu pagamento,

o Lobo, rosnando ferozmente, exclamou:

Ora, Ora!

Você já foi devidamente recompensada.

Quando permiti

que sua cabeça saísse a salvo

de dentro da minha boca,

você já foi muito bem paga.

Autor: Esopo

Moral da História: Ao servir a alguém de má índole, não espere recompensas, e ainda agradeça caso o mesmo vire as costas e vá embora sem lhe fazer mal algum.